Médicos e enfermeiros são capacitados para tratamento da filariose linfática

A Secretaria de Saúde de Cuiabá, em parceria com o MT Laboratório, realiza capacitação em filariose linfática destinada a médicos e enfermeiros da rede municipal de saúde e demais interessados.

 

A capacitação contará com palestra a ser proferida pelo pós-doutor em Filariose, Abraham Rocha, do Departamento de Parasitologia da Universidade Federal de Pernambuco e referência nacional no assunto.

Esta é mais uma resposta do município ao caso positivo de filariose linfática ocorrido com uma haitiana em Cuiabá em julho deste ano e notificado à Coordenadoria de Vigilância a Doenças e Agravos da Secretaria Municipal de Saúde pelo Hospital Universitário Júlio Muller.

 

Embora Mato Grosso seja um estado não endêmico para a filariose (também conhecida como elefantíase), a Secretaria Municipal de Saúde vem tomando todas as providências para monitorar a doença desde que o primeiro (e único até agora) caso surgiu em Cuiabá. A população vinda do Haiti, país onde a filariose ocorre de forma endêmica tem recebido atenção especial por parte da Secretaria. A vítima, uma mulher de 31 anos, trabalhadora da construção civil, recebe acompanhamento e tratamento por parte do município.

 

Com este curso, a Secretaria de Saúde prepara os profissionais para a eventualidade do surgimento de novos casos.

 

Fonte: JC Patrício/Secretaria de Saúde

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!