Prefeito convoca secretários e comissionados para trabalharem normalmente na segunda-feira

prefeituraEmbora seja ponto facultativo na segunda-feira, 31 de agosto, em comemoração ao Dia do Evangélico, o prefeito Mauro Mendes determinou que todos os secretários, adjuntos e servidores comissionados compareçam ao trabalho.

 

Tanto no Palácio Alencastro, que abriga várias secretarias, como em outros locais, que sediam outras pastas, o expediente será normal.

 

Originariamente o Dia do Evangélico foi aprovado como lei pela Câmara Municipal, mas foi vetado pelo prefeito, que entendeu que a situação econômica pela qual o País atravessa não comporta a criação de mais feriados. Posteriormente os vereadores derrubaram o veto, mas depois de certa polêmica, envolvendo principalmente o segmento do comércio, a Câmara decidiu transformar o feriado em ponto facultativo, que atinge apenas o Poder Público, visto que nesta segunda-feira o comércio irá funcionar normalmente.

 

“O prefeito havia vetado a lei por entender que já tem feriado demais no País. Cada dia parado significa que o município deixa de arrecadar pelo menos dois milhões de reais, o que representa um prejuízo para o Poder Público”, explicou o secretário de Governo e Comunicação, Kleber Lima.

 

Segundo o secretário, a única exceção será nas escolas municipais. “Já conversamos com o secretário Gilberto Figueiredo [Educação] e foi decidido liberar os professores e as escolas, já que não se pode obrigar o servidor de carreira a comparecer ao trabalho. Mas as sedes de todas as secretarias, inclusive a da Secretaria de Educação, estarão abertas e a parte administrativa irá funcionar, assim como a área de saúde, que por ser um serviço essencial, funcionaria mesmo que fosse feriado”, acrescentou.

 

Kleber Lima disse ainda que o ponto facultativo, além do prejuízo financeiro que poderia causar ao município, também prejudicaria algumas ações que estão em andamento. “Essa parada atrapalharia uma série de trabalhos que estão em andamento, já que na segunda e terça-feira temos duas audiências públicas importantes e também na terça-feira haverá entrega de mais uma escola”, justificou.

 

Fonte: Carlos Martins/Secretaria de Governo e Comunicação

Fotos: Luiz Alves

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!